Ideia Sem categoria

Como abrir um negócio de dropshipping (em Portugal)

Descubra como abrir um negócio de dropshipping a partir de Portugal. Inclui referências para armazenistas que trabalham em regime de dropshipping.

O dropshipping é uma forma de vender produtos em que você trabalha em parceria com o armazenista dos produtos. O armazenista irá armazenar e enviar os produtos vendidos por si (na sua loja online), sem que você tenha que os pagar previamente. Você só encomenda os produtos ao armazenista uma vez que tenha recebido ordem de compra do seu cliente. Assim não tem riscos de ficar com o produto em stock por falta de compradores.

Por exemplo, imagine que alguém através do seu website realiza uma ordem de compra de um determinado produto, e você recebe o dinheiro. Numa loja tradicional, você teria os seus produtos num armazém próprio. Seria você mesmo a embalar e expedir os produtos via postal. Pelo método de dropshipping, você simplesmente faz chegar essa ordem de compra ao armazenista (dropshipper) e ele tratará de tudo o resto por si.

Um dropshipper evita que você tenha de:

• Armazenar produtos
• Embalar e enviar produtos via postal
• Investir dinheiro em produtos que não tem a certeza que irá vender

Para ter um negócio de dropshipping, é fundamental que a sua empresa esteja devidamente registada e constituída. Só assim os dropshippers (armazenistas) irão negociar consigo, e confiar na sua empresa. Para o registo mais rápido e sem problemas nós recomendamos a GAPIC (http://www.gapic.pt). A GAPIC são contabilistas certificados (é obrigatório ter um, quando regista a sua empresa), que lhe poderá dar apoio gratuito na constituição da sua empresa. São muito experientes em negócios de dropshipping e poderão dar-lhe mais indicações preciosas sobre a atividade.

Dropshipping: Um serviço totalmente gratuito? Claro que não.

É claro que um armazenista não irá prestar este serviço gratuitamente. Quando você compra produtos a um armazenista em regime de dropshipping, eles irão incluir uma taxa para suportar os custos de embalagem, envio e tratamento da informação.
Normalmente, este custo associado é de 2-5 euros por produto. Isto quer dizer que você terá de ter cuidado nos produtos que irá ter em dropshipping. Existem produtos mais adequados a dropshipping que outros. Por outro lado, e este é o principal problema do dropshipping, você não controla inteiramente todo o processo. Ou seja, quando recebe uma ordem de compra de um cliente e respetivo pagamento, você fica nas mãos do armazenista. Se tiver o azar de escolher um mau armazenista, ele irá demorar a entregar o produto, ou mesmo entregar o produto errado ou mesmo, nunca o entregar. É claro que nesta situação, a queixa do cliente irá recair sobre si. Por isso, o mais importante no dropshipping é escolher armazenistas e fornecedores extremamente confiáveis e habituados à prática do dropshipping. Pode ser tentador ter um produto inovador e fora do comum na sua loja online, mas verifique sempre se o armazenista tem experiência com dropshipping. Quer dizer, a receber a sua ordem de compra, e a embalar o produto e enviá-lo ao seu cliente. Como escolher então armazenistas confiáveis?

Escolhendo um armazenista confiável

Qualquer armazenista credível irá exigir que a sua empresa esteja legal (devidamente registada e constituída em Portugal, com número de contribuinte) para sequer pensarem em negociar consigo. Para obter o número de contribuinte para a sua empresa da forma mais rápida possível, contate a GAPIC (http://www.gapic.pt). A GAPIC são contabilistas certificados (é obrigatório encontrar um quando regista a sua empresa) e poderão acompanhá-lo no processo de registo e constituição da sua empresa, aconselhando por exemplo sobre o melhor modelo fiscal (aquele onde irá pagar menos impostos). Dão também ajuda no preenchimento dos formulários para que você não cometa erros, que poderiam custar muitos dissabores e dinheiro. GAPIC (http://www.gapic.pt)

1. Antes de contatar o armazenista, contatar o fabricante

Esta é a nossa forma favorita para localizar facilmente armazenistas confiáveis. Em primeiro lugar descubra os produtos que quer vender, e descubra também a localização online dos fabricantes desses produtos. Ou seja, vá diretamente à marca. Depois basta entrar em contato por email, ou telefone, ou chat, com os fabricantes e perguntar-lhes quem são os armazenistas na sua região. Depois de obter o contato destes armazenistas, terá de entrar em contato com eles para saber se eles trabalham em regime de dropshipping (ou seja, tratando do armazenamento, embalagem e envio por si). Nem todos trabalharão em regime de dropshipping, principalmente na Europa, mas vale a pena tentar. A maior parte dos armazenistas trabalha com uma série de fabricantes. Se você descobrir o armazenista dos fabricantes das principais marcas, saberá que está a trabalhar com um armazenista confiável e ele provavelmente terá outros produtos que você poderá comercializar também.

2. Pesquise armazenistas pelo Google

Usar o Google para pesquisar armazenistas com dropshipping de confiança pode parecer óbvio, mas existem duas ou três regras que deve ter presente antes de o fazer:
• Tem que se procurar em profundidade, e não confiar apenas nos primeiros resultados do Google. Os armazenistas são péssimos a fazerem publicidade de si mesmos. Isto quer dizer que terá de fazer pesquisas, página após página, para conseguir identificar os armazenistas certos. Isto quer dizer analisar centenas e centenas de resultados.
• Não julgue o armazenista pelo aspeto do website. Os armazenistas têm habitualmente sites pouco apelativos e com fraco design, mas isso não quer dizer que não sejam credíveis e uma boa aposta. Não deixe que o aspeto do website o assuste.
• Na sua pesquisa utilize muitas variáveis. Não procure apenas por “dropshipping do produto x”. Tente usar variantes como “dsitributor” “reseller” “bulk” “warehouse” “supplier”. Escusado é dizer que a maior parte dos dropshippers não estão localizados em Portugal, pelo que terá de dominar a língua inglesa minimamente.

3. Encomende produtos da concorrência

• Este é um velho truque que consiste em encomendar um produto (aquele que você quer ter na sua loja online) à concorrência. Assim que você receber o produto, veja a morada do remetente. Essa morada é a morada do dropshipper do seu concorrente. Depois basta colocar essa morada no Google e verificar os resultados. Os resultados deverão identificar o dropshipper em questão.

4. Assista a Feiras e Trade Shows da Especialidade
Considerando que se irá concentrar num nicho (isto é, especializar-se numa determinada gama de produtos, como eletrodomésticos, artigos de telemóvel, moda, etc.) poderá tentar estar presente em feiras da especialidade. Nessas feiras e trade shows estão presentes os grandes fabricantes e os armazenistas com quem poderá estabelecer parcerias

5. Pesquise em diretórios na internet

Uma das questões mais comuns entre os aspirantes a e-commercers é: Deverei pagar para ter acesso a um diretório de fornecedores? Um diretório de fornecedores é uma base de dados que está organizada por mercados (ex: moda, telemóveis, etc.). Apesar de tentadoras, os diretórios existentes na internet não são absolutamente necessários. Com as técnicas que já apresentámos, você deverá conseguir encontrar armazenistas confiáveis. No entanto, é muito mais rápido utilizar os diretórios. Alguns dos diretórios de armazenistas presentes na internet são:
• Worldwide brands (https://www.worldwidebrands.com)
• Salehoo (http://www.salehoo.com)• Doba (http://www.doba.com)
• Wholesalecentral (http://www.wholesalecentral.com)
• Zentrada (https://www.zentrada.eu/)
• Global Sources (http://www.globalsources.com/wholesale/European.html)
• Bigbuy (https://www.bigbuy.eu/en/b2b-wholesale.html)

Abrindo a sua loja online

Para vender os seus produtos online irá necessitar de uma loja virtual. O mais fácil é sem dúvida o shopify (www.shopify.com) uma vez que vem já com lojas predefinidas, onde basta quase só inserir os produtos necessários e começar a receber os pagamentos. Por outro lado, poderá utilizar a plataforma OBERLO, para encontrar facilmente armazenistas com dropshipping. Não necessita de ter dotes de programador, e a mensalidade é realmente barata. Atenção, nós não somos pagos para divulgar nenhuma das empresas que destacamos. A nossa experiência simplesmente nos indica que são as melhores opções, e por isso estamos a partilhar consigo.

Em relação ao Shopify, é claro que terá de aprender todos os pequenos truques necessários para ter uma loja de sucesso, como ter um bom design, boas fotos (normalmente os armazenistas e fornecedores providenciam estas fotos), e tudo o mais necessário para que a loja tenha um aspeto profissional. Se quiser aprender mais como montar uma loja no shopify, visite o seguinte link: https://www.shopify.com/online-store (mas terá de saber inglês).

Encontre um bom contabilista.
Um bom contabilista é crucial para o sucesso de uma pequena empresa. Adquirir o capital para começar um negócio e lidar com as finanças dele será um desafio, por isso você precisará de alguém com experiência para guiá-lo pelo processo. Um contabilista não só o ajudará com as taxas e livros de contabilidade, mas também será um conselheiro financeiro nas decisões de negócios. Portanto, contrate alguém em quem possa confiar. Recomendamos a GAPIC (http://www.gapic.pt) pois para além de 35 anos de experiência no mercado, tem também a experiência de lidar com negócios de dropshipping.

3 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: